você está em:

 


Tags     0 comentário

1964: o golpe que ainda ecoa

publicado em 05/04/2012

No primeiro dia de abril de 1964, o Brasil vivia a data inicial de um longo período de exceção. Submetida a um golpe militar que lançaria o país numa ditadura que se estenderia por duas décadas, a sociedade brasileira viu-se forçada a viver num regime de privação de direitos, perseguições, tortura, mortes e desaparecimentos.




 

As heranças malditas da ditadura

publicado em 31/03/2012

Por Emir Sader
Fonte

Agência Carta Maior - 31/03/2012

Fonte: 
<p>Ag&ecirc;ncia <a href="http://www.cartamaior.com.br/templates/postMostrar.cfm?blog_id=1&amp;post_id=934">Carta Maior</a> - 31/03/2012</p>
Por: 
Emir Sader

 

Tags:  



 

O golpe, a ditadura e a direita brasileira

publicado em 31/03/2012

Por Emir Sader
Fonte

Agência Carta Maior - 28/03/2012

Fonte: 
<p>Ag&ecirc;ncia <a href="http://www.cartamaior.com.br/templates/postMostrar.cfm?blog_id=1&amp;post_id=931">Carta Maior</a> - 28/03/2012</p>
Por: 
Emir Sader

O golpe e a ditadura foram a desembocadura natural da direita brasileira – partidos e órgãos da mídia, além de entidades empresariais e religiosas. A direita brasileira aderiu, em bloco, ao campo norteamericano durante a guerra fria, adotando a visão de que o conflito central no mundo se dava entre “democracia”(a liberal, naturalmente) e o comunismo (sob a categoria geral de “totalitarismo”, para tentar fazer com que aparecesse como da mesma família do nazismo e do fascismo).

Tags:  



 

Levante Popular da Juventude: Grupo realiza protestos contra torturadores em várias cidades

publicado em 27/03/2012

Por Fábio Nassif
Fonte: 
<p><a href="http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=19837">Ag&ecirc;ncia Carta Maior, em 27/3/2012</a></p>
Por: 
Fábio Nassif

São Paulo - Às vésperas da data que marca os 48 anos do golpe militar no Brasil, um grupo de jovens iniciou nesta segunda-feira (26) uma série de ações que buscam dar visibilidade à impunidade de torturadores e acusados de outros crimes durante a ditadura ainda vivos. O Levante Popular da Juventude realizou "escrachos" em algumas capitais do país, como forma de denunciar os acusados desses crimes na frente de suas casas ou empresas.

Tags:  



 

Golpe de 1964: os jornais e a "opinião pública"

publicado em 06/04/2011

Por Venício A. de Lima
Fonte: 
<p><a href="http://terramagazine.terra.com.br/interna/0,,OI5048988-EI16410,00.html">Ag&ecirc;ncia Carta Maior, em 05/4/2011</a></p>
Por: 
Venício A. de Lima

In memoriam de João Baptista Franco Drummond (1942-1976)

Tags:  



 

O que a falácia da ditabranda revela

publicado em 01/04/2011

Por Marco Aurélio Weissheimer
Fonte: 
<p><a href="http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=17633">Carta Maior, em 31/3/2011</a></p>
Por: 
Marco Aurélio Weissheimer

A escolha do termo "ditabranda" pela Folha de S. Paulo para caracterizar a ditadura militar brasileira não foi um descuido linguístico. Trata-se de uma profissão de fé ideológica embalada por uma falácia. O núcleo duro dessa falácia consiste em dissociar a ditadura brasileira das ditaduras em outros países do continente e do contexto histórico da época, como se não integrassem um mesmo golpe desferido contra a democracia em toda a América Latina.

Tags:  



 

Safatle: Há um esforço de setores da sociedade em apagar a ditadura da história do país

publicado em 31/03/2011

Por Gilberto Costa
Fonte: 
<p><a href="http://agenciabrasil.ebc.com.br/noticia/2010-01-30/ha-um-esforco-de-setores-da-sociedade-em-apagar-ditadura-da-historia-do-pais-diz-filosofo">Ag&ecirc;ncia Brasil, 30/1/2011</a></p>
Por: 
Gilberto Costa

Após a Segunda Guerra Mundial, os judeus sobreviventes revelaram que seus carrascos asseguravam que ninguém acreditaria no que havia ocorrido nos campos de concentração. A história, no entanto, não cumpriu o destino previsto pelos nazistas, muitos foram condenados e o episódio marca a pior lembrança da humanidade.

Tags:  



 

A mídia e o golpe militar de 1964

publicado em 31/03/2011

Por Altamiro Borges
Fonte: 
<p><a href="http://altamiroborges.blogspot.com/2011/03/midia-e-o-golpe-militar-de-1964.html">Blog do Miro, em 31/3/2011</a></p>
Por: 
Altamiro Borges

Amanhã, 1º de abril, marca os 47 anos do fatídico golpe civil-militar de 1964. Na época, o imperialismo estadunidense, os latifundiários e parte da burguesia nativa derrubaram o governo democraticamente eleito de João Goulart. Naquela época, a imprensa teve papel destacado nos preparativos do golpe. Na sequência, muitos jornalões continuaram apoiando a ditadura, as suas torturas e assassinatos. Outros engoliram o seu próprio veneno, sofrendo censura e perseguições.

Tags:  



 

Sem esquecimento, sem perdão, sem temor

publicado em 31/03/2011

Por Valter Pomar
Fonte: 
<p><a href="http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=17629&amp;editoria_id=4">Carta Maior, em 31/3/2011</a></p>
Por: 
Valter Pomar

Muitos de nossos amigos latino-americanos não conseguem entender por qual motivo os governos brasileiros pós-ditadura pegaram tão leve com aqueles que romperam com a legalidade, sequestraram, torturaram, mataram e desapareceram.

Neste quesito, os governos pós-ditadura na Argentina, Chile e Uruguai foram muito mais efetivos no combate aos crimes das ditaduras, do que os governos Sarney, Collor, FHC e Lula.

Tags:  



 

O golpe de 64 e o direito à verdade

publicado em 31/03/2011

Por Emiliano José
Fonte: 
<p><a href="http://www.cartamaior.com.br/templates/materiaMostrar.cfm?materia_id=17628">Carta Maior, em 31/3/2011</a></p>
Por: 
Emiliano José

O 47º aniversário do golpe militar de 31 de março de 1964 é uma boa oportunidade para refletirmos sobre uma grande mancha, uma nódoa moral que mancha a alma brasileira. O golpe militar violentou o Estado de direito, derrubou um presidente constitucional, desrespeitou as liberdades individuais e coletivas e, sobretudo, submeteu o país aos interesses do grande capital nacional e internacional, capital que se acumpliciou inteiramente com o golpe. Os responsáveis pelo golpe militar cometeram um crime de lesa-pátria.

Tags:  




 

Partido dos Trabalhadores


FUNDAÇÃO PERSEU ABRAMO
Rua Francisco Cruz, 234 - Vila Mariana - CEP 04117-091 - São Paulo - SP - Brasil Fone: (11) 5571-4299 - Fax (11) 5571-0910